Inicio Destaque Traipu realiza 1º Fórum Comunitário pelos Direitos das Crianças e Adolescentes

Traipu realiza 1º Fórum Comunitário pelos Direitos das Crianças e Adolescentes

0
COMPARTILHAR

 

Objetivando fortalecer as políticas públicas direcionadas à melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes, o município de Traipu-AL realizou nesta quinta-feira, 23, o 1º Fórum Comunitário pelos Direitos das Crianças e Adolescentes.

O evento realizado no Salão São Vicente contou com a participação de ampla representação da comunidade, da Prefeitura Municipal, por meio do prefeito Silvino Cavalcante, do representante do Ministério Público, promotor de Justiça Dr. Ricardo, de secretários municipais, professores, gestores e técnicos do poder público, além dos membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Conselho Tutelar e de outros segmentos que compõem a rede de proteção da infância.

Este encontro contemplou uma das etapas do Projeto Selo Unicef / Município Aprovado, Edição 2017-2020, que visa mobilizar os municípios do Semiárido brasileiro para construir, através de seus próprios atores municipais, com efetiva participação social, políticas e ações de garantia de direitos para crianças e adolescentes.

O prefeito Silvino Cavalcante, que vem apoiando e investindo nesse projeto, ressaltou a importância da valorização das crianças e adolescentes como forma de construir um futuro melhor. O gestor municipal chamou a atenção do público presente para a união de todos os segmentos na busca pelos objetivos de melhoria da qualidade de vida de nossas crianças.

Em seguida, as apresentações culturais da Escola Municipal Francisco Mangabeira com seu grupo de folclore e a banda de música (violões) formada por crianças e adolescentes abrilhantaram o encontro.

Um dos objetivos do Fórum foi a elaboração de um diagnóstico da situação atual do município, por meio de análise dos indicadores sociais, para subsidiar a construção de um Plano de Ação pelos Direitos das Crianças e Adolescentes que deve ser implementado até 2020. Assim, foram formados 11 grupos de trabalho que discutiram a construção do plano, sendo cada mesa temática composta por técnicos das secretarias, representantes da comunidade e por adolescentes do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA).

Ao final do evento, cada grupo temático apresentou as conclusões dos trabalhos e expôs as ações a serem desenvolvidas pelo município como forma de avançar nos indicadores. Durante os próximos meses, a Comissão intersetorial fará reuniões para acompanhar o andamento do planejamento. É Traipu a caminho do Selo Unicef.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here